Viagem Islândia, missão cumprida!

Olá pessoal, sei que faz mais de um mês que não escrevo, voltei ao Brasil dia 26 de agosto, e ainda estou ajustando algumas coisas que ficaram pendentes, inclusive postar no blog.

A Islândia é um país maravilhoso, as pessoas são fechadas, porém quando há oportunidade de conversar são muito bacanas, são pessoas simples e sinceras, eu gostei muito. Algumas verdades sobre a Islândia:

– Lá não é caro como dizem, os preços dos produtos de mercado são bem parecidos com o Brasil, porém lá não há variedade de frutas frescas como tem aqui;

– Não se toca em duas placas tectônicas como dizem, há um parque que é possível avistar uma das placas, e a outra está há 10km de distância, e o que tem entre elas é a Islândia! Essa informação foi um rapaz que trabalha nesse parque que nos disse;

– Muitas pessoas percorrem a ilha de carona, e de bicicleta! É sensacional;

– Em todos os lugares que fomos aceitavam o cartão de crédito, porém não aceitam euro em nenhum lugar, se for viajar com dinheiro, troque com Krona, a moeda local.

– Muitas pessoas acampam, lembram do camping card? Então, não compensou, a maioria dos campings eram distante e não tinha uma estrutura muito boa, alguns não tinham chuveiro, alguns dias nós pagamos outros campings que não faziam parte do camping card, e o preço não é caro, pode variar de R$ 60,00 até R$80,00 por casal, com banho;

– A água na Islândia é de graça!!! Demais! Todo lugar que comemos a água era gratuita, lavar o carro é de graça, e a água de lá é mineral de todos os lugares, ou seja, pode beber de qualquer torneira;

– Os campings são lugares lindos, ficam perto de lagos, cachoeiras, entre montanha, e alguns têm até cozinha;

– Não foi uma boa alugar o fogareiro, lá o vento é forte, então para mantê-lo aceso foi difícil rs;

– Há lugares que o vento é muito intenso, se você separou uma blusa de frio boa, leve duas, mesmo indo no perto do final do verão, os lugares mais remotos costumam ser os mais frios rs.

Demos a volta na ilha em 14 dias, há muitas cachoeiras, piscinas térmicas naturais, montanhas de todos os tipos e formas, vulcões, glaciais, parques nacionais, baleias, icebergs, focas, puffins, penhascos, praias, usinas geotérmicas, cheiro de enxofre (rs), casas típicas da Islândia (aquela com o telhado de grama) e muito mais!

Eu gostaria de escrever cada lugar que ficamos, mas eu não lendo os campings certinho, vou tentar fazer uma lista com o Jean, aí eu coloco para os interessados.

Quem estiver mesmo interessado em viajar ou conhecer  a Islândia, me manda um email em isabela.terribili@gmail.com, eu ficarei feliz em passar todos os detalhes, preços, atrações imperdíveis, indicação de passeios, e as histórias, rs.

Agora, seguem algumas fotos!

SONY DSC

Igreja em Reykjavík, na capital.

SONY DSC

Bandeira da Islândia.

SONY DSC

Nossa barraca e o Jimny que alugamos.

SONY DSC

Igreja católica, há muitas como essa, em cada vila há uma.

SONY DSC

Cratera, é como um vulcão.

SONY DSC SONY DSC

Geyser.

SONY DSC

Cachoeira Gullfoss.

SONY DSC

Atrações pela estrada.

SONY DSC

Topo do vulcão Hekla, nós escalamos cerca de 4h sem guia, pois no verão é autorizado, foi demais! Os vulcões lá têm um glacial em cima, quando entra em erupção pode inundar alguns lugares.

SONY DSC

Glacier Walk, com nossa instrutora Sarah.

SONY DSC

Caravanas de grupos.

SONY DSC

Carneiro engraçado.

SONY DSC

Vetígios de lava e esse musgo em cima é fofo, parece um travesseiro, para quem conhece, esse musgo é aquele que as crianças (no clipe) do Sigur Rós (uma banda Islandesa) estão pulando.

 

SONY DSC

Casas antigas.

SONY DSC

Rocha vulcânica basáltica.

SONY DSC

Icebergs, isso representa 10% de seu tamanho, fizemos um passeio de bote nesse lago.

SONY DSC

Essa Waterfalls é a com mais água corrente da Europa.

SONY DSC  SONY DSC

Água em contato com o magma, o cheiro é muito forte.

SONY DSC

Usina geotérmica.

SONY DSC

Fissura vulcânica, são 25km de fissuras como essa, 2km abaixo dessa superfície há uma bolsa de magma.

SONY DSC

Islândia! Terra do Fogo e do Gelo!

SONY DSC

Caverna com água termal natural, cerca de 42 graus Celsius, ela não é mais própria para banho, pois há risco de desabamento, há 40 anos ela era, porém houve um terremoto.

SONY DSC

Islandês muito bacana! Toma conta daquelas casas típicas, para turismo.

SONY DSC

Passeio da baleia, conseguimos ver apenas uma, pois o tempo estava ruim, elas costumam aparecer quando o tempo está aberto.

SONY DSC

Praia, com lava basáltica.

SONY DSC

Atrações pela estrada.

SONY DSC

Esses pontinhos na água são focas! Elas aparecem para comer peixe dependendo do nível da maré, são 3 lugares que elas costumam aparecer.

SONY DSC

Navio naufragado há 30 anos.

SONY DSC

Oceano Atlântico, no ponto mais extremo da Europa.

SONY DSC

Penhasco aonde vimos o puffin que, por sorte, apareceu quando estávamos indo embora, não consegui carregar o vídeo dele aqui.

SONY DSC

Essa parte da Islândia não está sobre nenhuma placa tectônica.

SONY DSC

Maior glacial da Islândia, Vatnajökull.

Muitos lugares só abrem no verão, lá eu percebi muitos jovens trabalhando, em mercados, postos de gasolina, porém eles trabalham apenas nas férias, dica: O Bónus é o melhor mercado para comprar produtos, com muitas variedade e preços bons.

Semana que vem vou escrever sobre a viagem para o Marrocos, foi bem bacana também, vale a pena conferir!

Obrigada pessoal, e até o próximo post.